Não perca o dia dos namorados da Doce Beijo!

Você quis dizer...

    Produtos Sugeridos

      Sua Sacola

      Nenhum produto no carrinho.

      Blog 22 de fevereiro de 2022

      Qual a origem da trufa de chocolate e quais são as suas principais características?

      5 minutos de leitura

      171 visualizações

      docebeijo

      Compartilhe:

      Para quem adora um bom chocolate, todas as suas versões são bem-vindas: barra, bombom, no fondue, em forma de trufa… E se for uma trufa bem cremosa então, pode ser que uma só não baste.

      Só que você sabia que a trufa, na verdade, é um cogumelo?

      Calma, não é bem o que você está pensando. A palavra ‘trufa’ vem do latim truffle, termo que identifica um tipo de cogumelo comestível que cresce embaixo da terra em alguns países da Europa, como Itália e França.

      “Mas por que o doce de chocolate se chama trufa também?”, você deve estar se perguntando. A sobremesa leva esse nome porque, quando criada, sua representação ficou muito parecida com a desses cogumelos.

      Não entendeu? Veja: em sua forma tradicional, a trufa de chocolate é aquela que é envolta ao cacau ou em chocolate em pó, o que lembra a terra que envolve os cogumelos recém-colhidos – e é daí que vem o nome.

      A seguir, você vai conhecer um pouco mais da origem da trufa de chocolate e o que a caracteriza. Vamos lá?!

      A origem da trufa

      Muito popular desde o século XIX, a trufa de chocolate é uma sobremesa que agrada os mais diversos tipos de paladares. Da versão popular à mais sofisticada, o doce pode ser encontrado em vários formatos e sabores

      Seu nome surgiu por conta da semelhança que possuía com um cogumelo que é utilizado na alta gastronomia. No entanto, ainda não se sabe ao certo quem foi que realmente inventou as trufas.

      Enquanto alguns acreditam que o doce teve origem nas mãos de Auguste Escoffier, outros juram que ele foi criado por acidente por Louis DuFour. Independentemente de quem seja o inventor, o fato é que ambos perceberam a semelhança da sobremesa com o cogumelo raro.

      De tão gostosa, a trufa de chocolate se popularizou na época e, conforme o tempo foi passando, novas técnicas foram sendo descobertas para que ela durasse mais. Um exemplo disso é envolver o seu recheio em chocolate – e não mais apenas no cacau em pó.

      Principais características

      Para que uma trufa seja considerada como tal, uma característica precisa prevalecer: ela tem que ser feita em chocolate e, no seu interior, tem que ter ganache. Se não for assim, não é trufa.

      De vários formatos, as trufas de chocolate podem contar com diferentes ingredientes, que vão desde chocolate nobre até bebidas alcoólicas no recheio, como o licor.

      Além disso, sua produção é mais artesanal e consiste em uma massa feita com chocolate derretido e creme de leite (o tão famoso ganache), a qual precisa descansar até endurecer para só depois ser modelada conforme o desejo de quem está produzindo o doce.

      Versões encontradas

      A cada ano que passa, as trufas vêm ganhando novas interpretações e, com isso, novos apreciadores do doce.

      Mesmo que a receita original leve chocolate meio amargo, não é raro encontrar trufas por aí que contenham licores ou frutas secas. Aqui no Brasil, por exemplo, a preferência maior é pelas trufas feitas com chocolate ao leite – o que é uma delícia também.

      Com relação às formas que essa sobremesa pode ter, algumas podem ser destacadas:

      ⦁ Redondas;
      ⦁ Irregulares (sem forma específica);
      ⦁ Forma de quenelles;
      ⦁ Forma de meio ovo com base reta (também conhecida como trufa americana).

      Como apreciar a trufa?

      Por serem uma sobremesa delicada e sofisticada, o ideal é consumi-la o mais breve possível, pois assim as características do produto não são perdidas.

      As trufas são um tipo de chocolate extremamente elegante e, por isso, podem ser servidas em diferentes ocasiões, como aniversários e casamentos. E mais: elas também são destaques em eventos de degustação, pois, como já mencionado, não possuem apenas uma versão.

      Agora, para quem está procurando algo para dar de presente, as trufas podem ser uma ótima saída. Por ter um sabor único e demonstrar afeto em forma de chocolate, a trufa com certeza será bem recebida por quem será presenteado.

      E se você ainda não está convencido de que esse é um bom presente, confira 7 motivos para presentear com chocolate!

      A Doce Beijo

      Fundada em 1989 na cidade de Joinville, Santa Catarina, a Doce Beijo é uma marca que expressa a arte em forma de chocolate.

      A chocolatier da empresa, Dorotea Kasten, formou-se nas melhores escolas europeias e, por conta disso, trouxe as melhores receitas para serem reproduzidas aqui no Brasil. Dessa forma, a Doce Beijo é referência em qualidade, sabor, inovação e sofisticação.

      A nossa loja física, localizada no bairro da Glória, já é ponto de encontro de várias pessoas, seja para um happy hour ou apenas para matar aquela vontade de comer um bom docinho. Além disso, todas as novidades da marca também podem ser encontradas por lá – inclusive, a produção de ovos de Páscoa corporativos já está a todo vapor.

      Mas se o que você gosta mesmo é de uma boa trufa, não se preocupe, pois nós também temos por aqui. Dentre os sabores disponíveis encontram-se a trufa pura, a de licor de cereja, a de Cointreau e a de conhaque. Uma mais gostosa que a outra!

      Venha nos visitar e conferir nossas delícias. Estamos na Rua Aquidaban nº 330, de segunda a
      sábado.

      docebeijo

      Compartilhe: